Jesus é Sempre Maior Que Sua Fé

Você se pergunta se sua fé é suficiente?

Você luta com a dúvida e questiona a sua salvação?

Você tem vergonha de que às vezes você não tem confiança no próprio Deus?

As emoções que cercam nossa fé sobem e descem. Podemos sucumbir à dúvida por algum tempo, talvez até nos convencendo de que nossa fé não é forte o suficiente para ser genuína. Qualquer um que tenha seguido a Cristo por algum tempo provavelmente pode relatar isso.

Em “O triunfo da Fé na Vida de um Crente”, o grande pregador do século 19, Charles Spurgeon, disse:

Nossa vida é encontrada ao “olhar para Jesus” (Hb 12.2), não em olhar para nossa própria fé. Pela fé todas as coisas se tornam possíveis para nós, mas o poder não está na fé, mas no Deus em quem a fé se apoia.

Quando nos debatemos com dúvidas, devemos nos lembrar dessa preciosa verdade: não é a força de nossa fé que importa, mas o objeto de nossa fé.

Como um Avião

Anos atrás, em um voo do Japão para Taiwan, eu estava no banheiro com minha filha de 4 anos de idade quando veio a turbulência. Sem aviso, fomos derrubadas no chão. Nós batemos na porta trancada com tanta força que ela se abriu. Fomos sacudidas para cima e para baixo como por uma eternidade, impotentes contra as correntes de ar do lado de fora.

Finalmente, a turbulência diminuiu e voltamos para nossos lugares com meu marido e outras crianças. Seus sorrisos me diziam que os pequenos pensavam que a viagem acidentada era uma explosão. Eu, por outro lado, odiava voar mais do que nunca.

Embora esse voo tenha sido horrível, eu voei em dezenas de aviões na última década. No entanto, toda vez luto contra as dúvidas e tenho que lutar para impedir que minha imaginação divague. Quando a turbulência bate, eu agarro a mão do meu marido, implorando para que o avião flutue. Minha fé no avião é fraca.

Enquanto isso, a fé de meu marido e a fé de meus filhos são fortes. Eles não pensam na condição do avião ou em nossa segurança. Quando a turbulência atinge, todos gritam: “Incrível!”

Mas a questão é a seguinte: Embora minha fé seja fraca e minha família seja forte, todos chegamos ao mesmo destino. Mesmo que eu lute com a dúvida e eles não, todos nós somos entregues no mesmo lugar.

O capitão não volta para o meu assento e diz: “Sinto muito, senhora, mas porque você duvida da solidez da aeronave e da minha capacidade de voar, nós vamos fazer um pouso antecipado e deixá-la descer em outra cidade. Você não chega ao destino porque sua confiança é fraca”.

Força vs. Objeto

Assim como é o poder do avião que me leva ao destino, não o poder da minha fé, assim o poder para nossa salvação está na força de nosso Deus, não na força de nossa fé. Devemos fixar nossos olhos em Jesus, não em nós mesmos (Hb 12.2). Sua Palavra não nos instrui a desenvolver a fé nos erguendo por nossos esforços espirituais. Ele não ameaça nos deixar se não pudermos demonstrar fé suficiente.

Jesus diz: “Olhe para mim (João 3.14-15). Venha a mim (Mt 11.28). Eu sou o caminho, a verdade e a vida” (João 14.6). Jesus promete trabalhar quando nossa fé é tão pequena quanto um grão de mostarda (Mt 17.20), pois não é o tamanho da nossa fé que definitivamente importa, mas aquele que é o objeto da nossa fé.

Até mesmo a nossa própria fé é um dom de Deus, como Paulo diz: “​Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus; ​não de obras, para que ninguém se glorie” (Ef 2.8-9). Toda a nossa vida de confiar em Cristo é em si mesma por Cristo, através de Cristo e para Cristo (Cl 1.16).

Conduzidos

Nossa crença no poder de Deus é como o ato de pisar em um avião. Podemos ter incertezas. Nós não entendemos como tudo funciona. Mas confiamos nossas vidas. A Bíblia é clara: “Crê no Senhor Jesus e serás salvo” (Atos 16.31).

Ao combatermos dúvidas ao longo da vida, o conhecimento do poder de Cristo nos liberta para que tiremos os olhos de nós mesmos. Confessando nossa falta de fé, nos apegamos à promessa certa e segura de seu trabalho finalizado em nosso favor.

Como Spurgeon disse, o poder de nos conduzir ao destino “não está na fé, mas no Deus em quem a fé se apoia”. Assim como o avião nos transporta, Jesus também nos conduz — não importa o que enfrentamos ao longo do caminho.

___________________________________________

Traduzido por Victor San.

Você é livre para compartilhar, desde que insira os devidos créditos de autoria e tradução. O texto original pode ser lido clicando aqui.

Jen Oshman é esposa e mãe de quatro filhas e serviu como missionária por 17 anos em três continentes. Ela atualmente reside no Colorado, onde ela e seu marido servem na Pioneers International, e apoia seu marido, plantador de igrejas, na Redemption Parker. Sua paixão está levando as mulheres a uma fé mais profunda e promovendo uma cosmovisão bíblica. Ela escreve a respeito disso em http://www.jenoshman.com.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site desenvolvido com WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: