Qual o Alvo do Cristão?

Qual o alvo do cristão?

As respostas a essa pergunta podem ser variadas. Mas poucas vezes alcançam o real objetivo. Algumas pessoas podem dizer que o alvo do cristão é ser uma boa pessoa, um bom crente, uma pessoa honesta, um referencial na sociedade, alguém profundamente caridadoso, ser santo. Tudo isso é, ou pode ser, verdade, mas apenas a metade do caminho. O que as pessoas de maneira geral não consideram sobre essas qualidades é que várias religiões, seitas, filosofias e clubes seguem uma orientação similar. O alvo do cristão não pode ser nada disso, pois são metas facilmente elaboradas pela concepção hjman. Por isso, neste post, pretendo abordar uma transcendência muito mais divinamente planejada para o ser humano.

A obra de Jesus na cruz, na tumba e no monte Olival garantem algo bem superior a qualquer reputação humana. O que importa realmente é o que Deus reputa a nosso respeito. Pois quanto aos que têm crido em Cristo, ele os reputou como indivíduos cujo alvo é ser como seu Filho unigênito. De modo direto, o alvo do cristão é ser como Cristo.

Essa é a glória referida por Paulo e 2 Coríntios 3.18 quando discorre sobre a excelência do ministério do Espírito outurgado por Cristo. O alvo do cristão, nas palavras do apóstolo dos pagãos é sermos transformados de glória em glória na imagem do Senhor.

Todas as virtudes relacionadas no início do post só fazem sentido se forem em Cristo. Do contrário, serão queimadas como palha. Dessa forma, todas as excelências da alma almejadas pelos homens só podem ser realizadas em Cristo. Essa é a soberana vocação de Deus em Cristo para nós, nosso alvo, como diz Paulo: “prossigo para o alvo, para o prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus.” (Fp 3.14).

Do mesmo modo entendia João a respeito de nossa filiação em Cristo, tal que “agora, somos filhos de Deus, e ainda não se manifestou o que haveremos de ser. Sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele, porque haveremos de vê-lo como ele é. E a si mesmo se purifica todo o que nele tem esta esperança, assim como ele é puro.” (1Jo 3.2-3). É a esperança em Cristo de que seremos como ele é que nos torna puros por causa da fé no que Cristo alcançou para nós: que sejamos cristificados a fim de sermos um com o Pai assim como ele é um com o Pai.

Tal é o propósito de Deus para todo homem que tem fé em Jesus. Esse é o alvo de todo ser humano: ser como Jesus. Não seremos divinos, isto é, como Deus. Seremos humanos na medida em que Jesus, Deus Filho, se mostrou humano para nós. E isso é apenas o começo de nossa santificação, que será continuamente crescente. Não se fala em divinização da carne, nem de humanização do divino, mas de humanização do próprio ser humano em uma estatura, largura e profundidade equiparada à dimensão do próprio Cristo Jesus. O projeto inicial de Deus foi exatamente esse ao termos sido criados à sua imagem e semelhança. Finalmente, em Cristo, esse alvo foi alcançado. Glórias ao Senhor!

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site desenvolvido com WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: